Livros que um gestor de sucesso deveria ler

Existem muitas formas de absorver conhecimento e investir em novas propostas para construir conhecimento. A mais antiga e eficaz é, sem sombra de dúvida, através da leitura. Os livros podem transmitir muito conhecimento por meio de informações e relatos, além de melhorar a linguagem e habilidades como a escrita e a oratória.

Alguns deles, muitas vezes, acabam se destacando e se transformando em referência para áreas específicas. Por isso, trouxemos alguns livros que todo o gestor de sucesso deveria ter na prateleira.

  • Startup enxuta (Eric Ries)

Esse livro é considerado uma grande referência em termos de empreendedorismo, com diversos aprendizados e uma forma inovadora de enxergar o mercado de negócios, o autor traz uma visão muito diferente do “fazer negócio” em relação a Startups, sem condenar a percepção do método de administração tradicional.

  • De zero a um (Peter Thiel)

Inovação é a palavra-chave para qualquer negócio, hoje em dia. A premissa deste livro é, justamente, como inovar é importante para ter uma empresa de sucesso. Nele, o autor cria uma relação entre o diferencial e o sucesso das corporações e como a competição pode fazer com que as empresas acabem se tornando parecidas, quando na verdade, o que gera o sucesso é o destaque.

  • Como fazer amigos e influenciar pessoas (Dale Carnegie)

A empatia é um exercício muito necessário para uma vida em sociedade. Neste livro, o autor mostra o quanto isso é importante no mundo dos negócios também. Manter boas relações é uma premissa para o sucesso e, para realizar isso, é necessário exercitar o olhar através de outras pessoas e experiências. O simples exercício de se colocar no lugar do outro, que tanto necessitamos nos dias atuais.

  • Quem mexeu no meu queijo? (Spencer Johnson)

Um livro simples, rápido e dinâmico, que deveria estar na cabeceira de um gestor de sucesso, para ser relido sempre que possível. Através de uma parábola, que envolve quatro personagens, o autor faz refletir sobre o tempo que gastamos buscando aquilo que desejamos. O queijo acaba se tornando uma metáfora sobre nossos objetivos de vida e de que forma nós enxergamos eles.

  • O poder do hábito (Charles Duhigg)

Mudanças podem ser muito difíceis, às vezes. E é exatamente sobre isso que esse livro fala. O autor traz, através da narrativa, a ideia de “por que fazemos o que fazemos” e como algumas atitudes podem se tornarem um hábito. Não só para quem deseja ser um gestor de sucesso, a obra é recomendada para todas as pessoas que desejam passar por alguma mudança ou lidar melhor com elas.

Deixe um comentário

17 − cinco =