5 tendências para as startups ficarem de olho

  1. Mais perto das corporações

 

Grandes companhias têm se aproximado cada vez mais das startups para tê-las como fornecedoras.  Além disso, têm atuado como investidoras, auxiliando startups com mentorias e acesso a parceiros e clientes.

 

  1. Portas abertas para fintechs

 

Estamos assistindo ao boom das fintechs, que chegam ao mercado financeiro com tecnologias disruptivas, atendimento individualizado e menos taxas. Mas o grande impulso ainda está por vir com a regulamentação do open banking, implementada pelo Banco Central. Isso abrirá muitas portas para que mais empreendimentos possam prover serviços financeiros.

 

  1. Lógica de colaboração

 

Propagar conhecimento e encurtar caminhos têm sido o objetivo de muitas comunidades de startups, onde empreendedores se ajudam com conteúdos úteis, networking e compartilhamento de informações em eventos e bate-papos.

 

  1. Foco na solução

 

De acordo com o livro Jobs to Be Done, de Anthony Ulwick, os negócios que identificam um problema antes de elaborar suas ideias têm cerca de 86% mais chances de dar certo do que os que investem primeiro em tecnologias e só depois buscam utilidade para elas.

 

  1. Formação empreendedora

 

É possível encontrar iniciativas de educação empreendedora que preparam os profissionais para trabalhar em startups, com competências e modelos mentais específicos.

 

Fonte: Revista PEGN, entrevista com Felipe Collins da ACE Startups.

Deixe um comentário

15 + 7 =